IMITAÇÃO

No invés do momento tranquilo,
sou o apenas entre as hostes temporais.
Insurgi ao som das esferas lançadas,
o caderno da minha insensatez,
imitações de mundos, feitos recreio
e descobri os enganos.
Sou o inventor do meu bosque.
A pálida aliança
dos meus haveres trouxe aqui
o meu infame pensamento.
O mesmo enfado, ainda o instante,
vai afiado como um desmando.
A espera tornou-se viciante!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *