A FARSA

O tambor ensinado
nas mãos do viajante,
fala como se fosse do povo!

A prosa de quem parte
é diferente
dos que aprenderam a contar.

Somos todos muitos,
mas o tambor
chamou a farsa da união
e só apareceram os lobos!

As armas estão escondidas.
Quem me dera
que cuspissem o fogo todo,
ardíamos juntos…
como se fossemos
iguais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *