MELANCOLIAS

A melancolia é uma falácia do tempo,
um entendimento de mim para com os outros
uma quase porção de nada que nos subtrai ao presente
e nos atira, vertiginosamente, em direção ao ego.

A melancolia, assim, entende-se como um quase de mim,
um descobrir que há algo, um desvendar
que julgo, jamais conseguiremos compreender,
talvez porque no cerne, entender seria mais um desistir.

A melancolia relembra-me de um quase espaço
que por não o poder continuar a ser
existe agora numa outra dimensão… Só minha!
Após os meus pensamentos, a misantropia do eu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Instagram