COISAS SIMPLES

Os mesmos dedos
que contavam
as histórias,
fazem uma mentira
das coisas simples.

Andámos a errar,
sem saber como
e fizemos pequenas vergonhas.

Ainda são as mesmas,
as coisas, que nos dão a ver.
Mudaram apenas
as cores
e as razões.

Nós ficámos por medo
e o viajante perdeu-se,
houve alguém
que varreu as estrelas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Instagram