AS MÃOS DA ALEGRIA

Por cada um dos momentos que são os teus
um sorriso, brilhando por um segundo
Imaginar que ficará sempre
sente-lhe o peso…
e eis que te arrancas sorrisos
atrás de sorrisos
e o dia torna te tu
mais tu do que foste
antes de te libertares
dessa alegria que não compreendes…
só porque as mãos sentem frio
não elimina
essa vontade que te assalta
de abraçar todas as loucuras
da noite, que é tua…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Instagram