O QUE DE PEQUENO HÁ NO AMANHÃ

São os olhos, que te escrevem
os passos que dás abandonam vontades
e deixaram de ser os teus.

No entanto, curiosamente
serás tu a colher os frutos
por cada distância feita presente…
e só os senhores da guerra
planeiam vinganças…
os mestres das artes
semeiam pequenas graças,
sonhos que um dia serão certezas,
e palavras do amanhã
deleitadas pelas façanhas
dos simples sorrisos que vês agora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Facebook
Instagram