AS MINHAS PALAVRAS

Entre o lado negro e a luz. Viaja todo o meu ser, um algo que se quer muito. Um quase nada que empurra o peito de encontro a mim e nada me diz. Um todo inexplicável, uma zona de conforto para auto comiseração. Eu aqui, só, a fingir letras em sequências impossíveis da escuridão palavras que quiseram acender futuros são apenas o que são. As minhas palavras! DSC_0022

1 thought on “AS MINHAS PALAVRAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *