PENSADORA DO INSTANTE

Porque a noite não está isenta
De todos os pormenores que fazem um dia
Muito mais que breves palavras,
São aquelas que não te fazem pensar…
Já tudo o que podes ouvir,
Fará de ti a pensadora do instante
No momento em que novas fronteiras
Chamam os passos que queres experimentar…
Só o após poderá dizer
Se cada direcção é apenas um novo começo…
Ou então cada sorriso, beijado em ti
Será por causa de outras palavras
Que não aquelas que podes dizer…
Tão leve é a noite
Cada pedaço de ilusão,
Faz da sua cor muito mais que escuridão,
Apenas os poetas da cor
Te podem reconhecer
Os outros talvez te possam fazer feliz
Mas nunca saberão quem és realmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *