DIA DA CRIANÇA

O som seco da madeira
entoava como uma forma de sabor.
Um dia, fiz dela o toque
da minha tarde,
como se o tempo
pudesse ser agarrado
pelo baraço que havia
nos recreios e na roda desenhada
como fronteira imune.

Castigavam a poeira
os pregos a dançar, já foram beijar
outro e continuam,
como se a poeira fosse prémio de consolo.

Passa-me pela cabeça
procurar o mesmo palco,
pensar-te de calções comove as minhas criticas,
estão à venda os nossos tesouros,
não consigo imaginar
como crescemos tanto.

5 thoughts on “DIA DA CRIANÇA

  1. Teresa Dias says:

    Se o lado lúdico da vida, estivésse mais presente em todos nós, e se conseguíssemos libertar e viver mais a criança que há em nós, tudo seria muito mais fácil, e colorido.
    Feliz dia da criança

    Responder
  2. Anabela Antunes says:

    Não deixemos, nunca, de mostrar a criança que ha em nós!

    Muitos Dias Felizes, com as Crianças!

    Responder

Responder a Ricardo Correia Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *