CONTORNOS

A redescoberta dos segundos
faz de um tempo despido da nitidez
o outro lado do que alguma vez sonhei.
Palavras que fazem de cada olhar, o tímido
que há no sorriso daquela tarde,
aquela mesmo
no recreio da nossa escola.

Podemo-nos descobrir a fingir que não existimos
e sequer tentar arriscar o grito
dizer ao mundo,
e esconder, o tanto que já esperámos…

Temos estado por aqui, eles sabem
a fingir que sabemos compor
a canção que só a voz que encontra a voz
nos pode também ensinar…
Daqui até que as mãos percam a melodia…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *